O Material Sensivel



Tudo na natureza, com excepção, talvez, de alguma panaceia inventada pela América ou pela Rússia, é sensível à Luz.

Ou seja, qualquer material, seja ele uma folha de árvore, de papel, um pano, etc ,etc , sofrerá uma alteração da sua cor devido à acção da luz. Imaginem, ou melhor, experimentem colocar uma folha de papel pintada com vulgares marcadores, ao sol, durante uma semana ou duas. Experimentem colocar uma folha de árvore grande, com um objecto em cima, ao sol, durante 3 ou 4 dias. Experimentem colocar uma folha de papel, pintada como sumo de morango, ou até vinho, coca-cola, durante uns dias, ao sol.

Veremos que a cor se alterou e, nos casos em que colocámos objectos por cima, ter-se-á formado uma imagem dos mesmos. Este é o principio da sensibilidade do papel.

Originalmente foi usada para simplesmente duplicar documentos, tal como se fez com um processo chamado de Cianotipo, os BluePrints da Pantera Cor-de-Rosa ou dos mapas azuis das minas. Mais tarde, com Niépce, este material sensível ( uma placa de cobre com betume da Judeia que endurecia sob a acção da luz) foi colocado numa câmara escura, por forma a obter a primeira fotografia.

O principio é o mesmo desde essa altura: Material sensível dentro de uma câmara escura que focará uma imagem sobre esse papel de forma a se obter uma "foto-grafia" ( escrita ou desenho de luz). O que muda é a sensibilidade do material. 

Um papel pintado demorará uma semana a formar uma incipiente imagem, mas um papel fotográfico usado nesta experiência da Solargrafia, necessitaria de uma fracção de segundo para reagir de forma a obter uma imagem. Na Solargrafia, contudo, o processo é mais moroso. O papel ficará entre um dia a seis meses em exposição à luz que passa pelo tal estenopo que vos falei anteriormente. Desta forma gravará uma imagem que guardara seis meses de luz-tempo.

Por isso guardaremos tempo e luz numa caixa de cartão.


As nove máquinas do tempo estão prontas. Partiremos à procura de quem as queira receber em cada uma das ilhas dos Açores.



O projecto Solargrafia #Azores_in_a_can, é uma iniciativa particular do Blog de Ensino e Dinamização de Processos Alternativos Fotográficos 
Foto de Cartão em www.fotodecartao.blogspot.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A 1.ª Câmara já está a captar o Sol nas Flores

Onde está a Câmara do Corvo? Nós dizemos.

Presidente da Câmara do Corvo recebe o nosso projecto.

No Corvo....algures virada a Sul.

A câmara da Ilha Terceira ja está colocada no Museu

No Poço da Ribeira do Ferreiro, nas Flores

Na escola Vitorino Nemésio já está colocada a câmara pinhole