Flores II


Nas Flores iremos ter uma segunda colaboração, sendo ela a da professora e escritora Gabriela Silva.

A propósito deste projecto e da sua ilha, pedimos-lhe um poema, ei-lo:


Na ilha

Na ilha jazem memórias de todas as conquistas
e de todas as derrotas…
De todas as ravinas saltam prantos e soluços de
mar bravo, vento oeste e medos muito antigos
e a memória geme em soluços convulsivos
de nortadas que levam sonhos, e pessoas
e ressuscitam baleias arpoadas a arder no ventre da terra quente de lavas antigas que pariram lagoas e montanhas sumptuosas num verde insubordinado….
Ouvem-se ranger soalhos, bater pregos em caixões de madeira decorados de tule branco e saudade inquieta
chegam notícias das Califórnias perdidas de abundancia que nos roubaram os braços à terra e à aguilhada dos bois 
tocam sinos a finados de nados mortos e mortos vivos
e o vento desliza por entre ravinas deixando o mar num alvoroço de neve em movimento de fúria
Inverno. Tempo de viver a verdade inteira, a saudade completa
a memória de Alfred Louis e Roberto Mesquita
de Pedro da Silveira e de Padre Camões
de ressuscitar fantasmas, de escrever poemas, de sentir
a natureza na sua brutal essência
e ficar…. No silêncio plasmado de sombras e de
certezas!



Veremos que imagem nos trará Gabriela das Flores.

A ela um beijinho de obrigado por se juntar a esta Nau Catrineta. 
(Lá vem a Nau Catrineta Que tem muito que contar! Ouvide agora, senhores, Uma história de pasmar!)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A 1.ª Câmara já está a captar o Sol nas Flores

Onde está a Câmara do Corvo? Nós dizemos.

Presidente da Câmara do Corvo recebe o nosso projecto.

No Corvo....algures virada a Sul.

A câmara da Ilha Terceira ja está colocada no Museu

No Poço da Ribeira do Ferreiro, nas Flores

Na escola Vitorino Nemésio já está colocada a câmara pinhole