O Parque Natural da Graciosa junta-se ao projecto!


Parque Natural da Graciosa


Procurando quem recebesse o projecto Solargrafia na Graciosa, ilha que se faltava juntar, eis que recebemos amável contacto do nosso caro amigo Pedro Raposo, Director do Parque Natural da Graciosa, a dizer que aquela instituição iria receber a nossa caixa mágica.

A todos os que se irão juntar agradecemos desde já pela coragem em se juntar a este barco.

Até breve.


Acerca do Parque Natural da Graciosa


"O Parque Natural da Graciosa constitui a unidade de gestão das Áreas Protegidas da ilha Graciosa e insere-se no âmbito da Rede Regional de Áreas Protegidas da Região Autónoma dos Açores, criada pelo Decreto Legislativo Regional n.º 15/2007/A, de 25 de junho.
Criado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 45/2008/A, de 5 de novembro o Parque Natural da Graciosa levou à criação de 8 Áreas Protegidas terrestres e marítimas, classificadas segundo quatro categorias da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza).
As áreas integrantes do Parque Natural da Graciosa são:
A Reserva Natural do Ilhéu de Baixo;
A Reserva Natural do Ilhéu da Praia;
O Monumento Natural da Caldeira da Graciosa;
A Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies da Ponta da Restinga;
A Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies da Ponta Branca;
A Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies da Ponta da Barca;
A Área Protegida de Gestão de Recursos da Costa Sudeste;
A Área Protegida de Gestão de Recursos da Costa Noroeste.
Em setembro de 2007, a ilha Graciosa passou a fazer parte da Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO por decisão do Bureau do Conselho Internacional de Coordenação do Programa MAB (O Homem e a Biosfera). Tal reconhecimento reflete as características ambientais, patrimoniais e culturais únicas da ilha Graciosa de que são singular exemplo as significativas colónias de aves marinhas que nidificam nos seus ilhéus, a Furna do Enxofre, imponente caverna lávica caracterizada por ter um teto em forma de abóbada perfeita, a peculiar arquitetura rural promotora da denominada “Casa da Graciosa” e a “Arquitetura da Água”, original expressão da carência de água que sempre fustigou as gentes da ilha Graciosa." in http://parquesnaturais.azores.gov.pt/pt/graciosa/parque-natural.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A 1.ª Câmara já está a captar o Sol nas Flores

Onde está a Câmara do Corvo? Nós dizemos.

Presidente da Câmara do Corvo recebe o nosso projecto.

No Corvo....algures virada a Sul.

A câmara da Ilha Terceira ja está colocada no Museu

No Poço da Ribeira do Ferreiro, nas Flores

Na escola Vitorino Nemésio já está colocada a câmara pinhole